Grandes Descobertas Cientificas – Março de 2015

0
276
Grandes Descobertas Científicas - Março de 2015
Grandes Descobertas Científicas - Março de 2015

1 de Março:

  • A empresa SanDisk anuncia o primeiro cartão microSD com capacidade de 200GB, um aumento de 56% sobre o anterior recorde de 128GB, apenas um ano antes.

2 de Março:

  • Cientistas capturaram a primeira imagem de sempre da luz simultaneamente como uma partícula e uma onda.

3 de Março:

  • A Food and Drug Administration (FDA) afirma que, nem os benefícios nem a segurança da testosterona administrada foram assegurados, e passaram a exigir que os rótulos da testosterona farmacêutica incluam informações de aviso acerca da possibilidade de um aumento do risco de ataques cardíacos e derrames.
  • A NASA informa, pela primeira vez, que DNA complexo e compostos orgânicos de vida ARN, incluindo uracilo, citosina timina, foram formados em laboratório sob condições espaciais, ao utilizar substâncias químicas, tais como pirimidina, encontrados em meteoritos. A Pirimidina, como os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP), os químicos mais ricos em carbono encontrado no Universo, podem ter sido formados em “gigantes vermelhas” ou em poeiras interestelar e nuvens de gás, de acordo com os cientistas.

4 de Março:

Mandíbula de 2,8 milhões de anos
Mandíbula de 2,8 milhões de anos
  • Uma mandíbula com 2,8 milhões de anos de idade, pode ser o fóssil humano mais antigo da existência, de acordo com dois artigos publicados simultaneamente na revista Science. Os investigadores suspeitam que o Homo (do gênero que inclui os seres humanos modernos) remonta pelo menos a 400 mil anos mais cedo do que se pensava anteriormente.

5 de Março:

  • Evidências de um vasto oceano, antigo, que cobria a maior parte do hemisfério norte de Marte foi comunicado pela NASA.
  • Astrónomos descobriram a estrela conhecida, que se move mais rapidamente, que está a ser ejectada da galáxia por uma explosão “supernova”. A sua hipervelocidade de 1200 quilómetros por segundo (2,7 milhões de milhas por hora) é alta o suficiente para escapar à atracção gravitacional da Via Láctea.
  • O número de pessoas afectadas por inundações fluviais pode quase triplicar até 2030, de acordo com uma nova análise.

6 de Março:

  • Uma terapia pioneira que utiliza células estaminais de medula óssea para o tratamento de pacientes com cancro de pulmão é anunciada no Reino Unido.
  • Arqueólogos informam ter encontrado duas cidades perdidas nas profundezas da selva hondurenha, que se julga estarem intocadas pelo homem há pelo menos 600 anos.
  • A nave espacial Dawn começa a orbitar Ceres, tornando-se a primeira nave espacial a visitar um planeta anão.

7 de Março:

  • Nanotecnologistas iranianos criaram uma “espécie moderna” de isolante eléctrico com elevada constante dieléctrica , esta conquista é utilizada em electrónica, optoelectrónica e fábricas electroquímicas.

9 de Março:

Avião que utiliza energia Solar
Avião que utiliza energia Solar
  • O Solar Impulse começa o seu vôo à volta do mundo, com o objectivo de tornar-se o primeiro avião a circumnavegar o globo a utilizar apenas a energia do Sol.
  • Uma nova categoria de drogas conhecidas como “senolytics” têm demonstrado melhorar vários aspectos do envelhecimento em ratos.

11 de Março:

  • O motor do foguete do sistema de lançamento espacial da NASA, o mais poderoso impulsionador, desde sempre construído, tem o seu primeiro teste no solo, com os funcionários a alegar um resultado “perfeito”.
  • A sonda Cassini da NASA fornece a primeira evidência clara de actividade hidrotermal na lua de SaturnoEnceladus“, que pode assemelhar-se ao observado nas profundezas dos oceanos no planeta Terra e é provavelmente o ambiente já encontrado mais habitável, fora do nosso mundo.
  • Surgem fotografias de uma ilha recém-formada perto de Tonga, no Pacífico, criada como resultado de actividade vulcânica.
  • Um avanço na tecnologia de captura de carbono permite que o processo seja realizado com metade da mesma energia que os métodos anteriores.

12 de Março:

  • Um novo método para o tratamento de Alzheimer com ultrassom tem sido demonstrado em ratos, ao limpar completamente as placas amilóides em 75% dos animais.
  • As visualizações do telescópio espacial Hubble das auroras de Ganymede, sugerem que a maior lua de Júpiter poderá conter um vasto oceano salino subsuperficial.

    Auroras de Ganymede
    Auroras de Ganymede
  • A comissão federal de comunicações dos EUA divulga os detalhes específicos das regras da neutralidade da Internet.

17 de Março:

  • Tubos de lava grandes o suficiente para abrigar cidades inteiras podiam ser estruturalmente estáveis na Lua, de acordo com um estudo teórico apresentado na conferência “Lunar and Planetary Science“.

18 de Março:

  • A NASA relata a detecção de uma aurora que não é totalmente compreendida e uma nuvem de pó, inexplicada, na atmosfera do planeta Marte.
  • Um estudo terrestre de 30 anos da Amazónia, o mais extenso já realizado, mostra que a floresta tropical tem vindo a perder a sua capacidade de absorver carbono da atmosfera, conforme as árvores morrem a taxas cada vez mais aceleradas.

19 de Março:

  • O National Snow and Ice Data Center informa que o gelo do mar Ártico atingiu a sua menor máxima extensão de sempre.
  • Utilizando os dados da Stratospheric Observatory for Infrared Astronomy, foi descoberto que os planetas podem ser formados a partir de material ejectado, remanescente de supernovas.
  • Cientistas comunicaram sobre uma modificação genética que se pode espalhar muito mais rápido do que a genética convencional permitiria, copiando-se para outros cromossomas com Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas (CRISPR). Aplicações possíveis incluem mosquitos resistentes à malária. 

     

    Manipulação do genoma humano
    Manipulação do genoma humano
  • Cientistas, incluindo um inventor do conceito de Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas (CRISPR), afirmam que urge uma moratória mundial sobre a utilização de métodos de edição de genes para manipular geneticamente o genoma humano de uma forma que pode ser herdada, escrevendo “cientistas devem evitar até mesmo a tentativa, em jurisdições permissivas, a modificação do genoma da linha germinal para aplicação clínica nos seres humanos”, até que todas as suas implicações “sejam discutidas entre as organizações científicas e governamentais”.

20 de Março:

  • Um eclipse solar total ocorre e é visível na maioria da Europa.

22 de Março:

  • DNA de mamute-lanoso extinto é unido ao de um elefante e demonstrou ser funcional pela primeira vez.

24 de Março:

  • A NASA descreve a primeira detecção de nitrogénio libertado após o aquecimento de sedimentos superficiais do planeta Marte. O azoto, sob a forma de óxido nítrico, foi detectado pelo instrumento SAM no rover Curiosity e pode ser utilizado por organismos vivos. A descoberta apoia a noção de que o antigo planeta Marte pode ter sido habitável para a vida.
  • A espécie de rã Pristimantis mutabilis é descrita no Zoological Journal of the Linnean Society.
  • A temperatura de 17,5 graus Celsius (63,5 graus Fahrenheit) é registada na península Antárctica, a maior alguma vez vista no continente. A região é “um dos pontos mais rápidos de aquecimento da Terra“.
  • Químicos iranianos modelaram e resolveram o tratamento dinâmico não-linear e a vulnerabilidade de nanoestruturas na presença de factores determinantes externos.

25 de Março:

  • Uma nova técnica tem emaranhado com êxito 3 mil átomos utilizando apenas um único fóton, o maior número de partículas que já foram mutuamente emaranhadas experimentalmente.
  • Investigadores iranianos reduzem materiais caros, a partir de sensores de diagnóstico de diabetes. Conceberam e criaram um biossensor de não-enzima, a uma escala laboratorial, para detectar diabetes.

26 de Março:

  • Investigadores advertiram que o gelo ao redor da extremidade da Antárctica está a derreter mais rápido do que se pensava.
  • Uma terapia através de nanopartículas tem vindo a demonstrar acelerar a cicatrização de feridas em 50%.

30 de Março:

  • Um tratamento com mil anos de idade para infecções oculares – contendo cebola, alho e parte do estômago de vaca – demonstrou destruir completamente staphylococcus aureus, a super-bactéria resistente a antibióticos conhecida como MRSA.
  • Comer alimentos carregados de pesticidas está ligado à contagem extremamente baixa de esperma (49% menor), dizem cientistas de Harvard num novo estudo de referência, ao conectar os resíduos de pesticidas nas frutas e legumes à Saúde reprodutiva.
  • Cientistas desenvolveram minúsculos “nanoneedles” que motivaram êxito a partes de corpos de ratos a gerar novos vasos sanguíneos. Espera-se que esta técnica possa, finalmente, ajudar os órgãos danificados e nervos a repararem-se e ajudar órgãos transplantados a serem bem sucedidos.

Fonte: Wikipedia.org

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here