O que é o Multiplicador Monetário ?

0
405
Variação na oferta da moeda
Variação na oferta da moeda

O Multiplicador Monetário é um termo que designa a variação na oferta de moeda originada pela variação em uma unidade na Base Monetária. O Multiplicador Monetário representa assim o poder que os Bancos Comerciais têm para criar moeda através da sua actividade de depositário e de concessão de empréstimos.

O valor do Multiplicador Monetário depende essencialmente de duas variáveis: a propensão marginal à retenção de moeda e a taxa de reservas bancárias. Dado que além de controlar a Base Monetária, o Banco Central controla também a taxa de reservas bancárias, este consegue ter um controlo praticamente total sobre a oferta de moeda.

Gráfico do Sistema de reserva fraccionada
Gráfico do Sistema de reserva fraccionada

O gráfico mostra a “multiplicação” de $100, através do sistema de reserva fraccionária (com diferentes taxas). Cada curva define um valor máximo.

O mecanismo mais comumente utilizado, neste sistema, para medir a evolução de suprimento de dinheiro é especificamente designado por multiplicador monetário; calcula a quantidade máxima de dinheiro que um depósito inicial pode criar com base numa determinada taxa de reserva. Esse factor é designado por multiplicador.

Fórmula

O multiplicador monetário (m) é o oposto da necessidade de reserva (R):

Esta fórmula surge do facto que a soma das quantidades emprestadas pode ser formulada matematicamente como uma série geométrica (série que se obtém quando se tenta somar os infinitos nos termos de uma progressão com uma taxa comum de 1-R).

Para ajustar o escoamento (drenagem) de dinheiro (redução do impacto da Política monetária devido à necessidade de manter uma parte do dinheiro sob forma física e à vontade dos bancos de ter reservas acima do montante exigido), é utilizada a fórmula abaixo, onde a “drenagem” é o valor percentual de dinheiro a manter sob a forma física e a Taxa de reserva preferida é a soma da Taxa de Reserva e a Taxa de reserva excedente do Banco:

Exemplo: uma taxa de reserva (R) de 20% pode ser formulada da seguinte forma:

Assim, o multiplicador monetário (m) pode ser formulado da seguinte forma:

Este número multiplicado pelo depósito inicial indica a quantidade máxima de dinheiro que pode ser criado.

Fonte: LIVRO: «A Fraude do Sistema Monetário» de Ivo Margarido

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here