As Profecias de São Malaquias

0
1876
São Malaquias
São Malaquias

Um dos mais obscuros profetas da Idade Média, São Malaquias, um monge irlandês que se tornou arcebispo de Armagh e primaz da Irlanda por volta de 1132, morreu em 1148. Mas as suas Profecias, encontradas na forma de apontamentos, foram recolhidas e publicadas pelo Vaticano em 1595.

As profecias de São Malaquias foram colocadas na forma de um registo papal, projectado a partir do Século XII, com um comentário sobre cada um dos novos papas ou o carácter do seu papado. Muitas das profecias foram consideradas surpreendentemente pertinentes. O registo termina com Pedro, o romano, num tempo que, segundo os cálculos, deverá coincidir com o final deste século, ou com a chegada do terceiro milénio.

“Entre Pedro e alguém que parece ser o papa Pio XI, haverá seis outros chefes do Vaticano. Durante o papado de Pedro, a cidade das sete colinas será destruída, e o respeitável juiz julgará o seu próprio povo”.

A história profética do papado sempre foi muito comentada entre teólogos católicos. O seu conhecimento pode ter contribuído para a visão reportada pelo papa Pio X em 1909. Quando saía de transe, ele disse:

“O que vejo é terrível. Serei eu mesmo… ou o meu sucessor… o papa sairá de Roma e depois de ter deixado o Vaticano, terá de caminhar sobre os cadáveres dos seus padres”.

O tempo, naturalmente, dirá se as terríveis profecias de São Malaquias serão realizadas.

Fonte: Livro «O Livro dos Fenómenos Estranhos» de Charles Berlitz

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here